Never Let You Go | Rudimental

Never Let You Go | Rudimental

Esta banda de música eletrónica formada em 2010, ganhou variados prémios em 2013 incluindo um Brit Award de melhor álbum.

A particularidade desta banda revela-se nas letras das suas músicas onde, com bastante facilidade, conseguimos encontrar referências à fé Cristã e fazer delas orações de louvor. São exemplos “Feel the Love“, (com John Newman), “Not Giving In” (com Newman e Alex Clare), “Waiting All Night” (com Ella Eyre),  “Right Here” (com Fores), “Free” (com Emeli Sandé) e “Powerless” (com Becky Hill).

No caso particular de ” Never Let You Go”, ajuda-nos a lembrar e refletir a presença permanente, sempre relacional e atuante, de Deus nas nossas vidas, que nunca, nunca nos abandona.

Algumas leituras para as quais esta música, com espírito orante, nos remete automaticamente:

“Estou contigo e proteger-te-ei para onde quer que vás e reconduzir-te-ei a esta terra, pois não te abandonarei antes de fazer o que te prometi.” (Gn 28, 15)

“Ainda que meu pai e minha mãe me abandonem, o SENHOR há-de acolher-me.” (Sl 27, 10)

“Acaso pode uma mulher esquecer-se do seu bebé, não ter carinho pelo fruto das suas entranhas? Ainda que ela se esquecesse dele, Eu nunca te esqueceria.” (Is 49, 15)

“Vivei sem avareza, contentando-vos com o que possuís, porque o próprio Deus disse: Não te deixarei nem te abandonarei. Assim, podemos dizer confiadamente: O Senhor é o meu auxílio;não temerei; que poderá fazer-me um homem?” (Heb 13, 5-6)

“Estou convencido de que nem a morte nem a vida, nem os anjos nem os principados, nem o presente nem o futuro, nem as potestades, nem a altura, nem o abismo, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus que está em Cristo Jesus, Senhor nosso.” (Rm 8, 38-39)

“Se me tendes amor, cumprireis os meus mandamentos, e Eu apelarei ao Pai e Ele vos dará outro Paráclito para que esteja sempre convosco, o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; vós é que o conheceis, porque permanece junto de vós, e está em vós.” (Jo 14, 15-17)

 

You never gotta be that lonely / Tu nunca vais estar assim sozinho
You never gotta get that alone / Tu nunca vais ficar assim só
All you gotta do is call Me / Tudo o que tens que fazer é chamar-Me
And I will never let you go / E Eu nunca te vou deixar

I will never let you go / Eu nunca te vou deixar
I will never let you go / Eu nunca te vou deixar
I will never let you go / Eu nunca te vou deixar
I will never let you go, never let you go / Eu nunca te vou deixar, nunca te vou deixar

You call me / Tu chamas-me
And I’ll never let you go / E eu nunca te vou deixar
You call me / Tu chamas-Me
You call me / Tu chamas-Me

Never let you go / Nunca te vou deixar
Never let you go / Nunca te vou deixar
Never let you go / Nunca te vou deixar
Never let you go / Nunca te vou deixar